Combater a evasão escolar é mais fácil com tecnologia

  • Post author:
  • Post last modified:28 de janeiro de 2022
  • Reading time:9 mins read

Combater a evasão escolar com tecnologia é uma boa estratégia ou será que esse apoio é dispensável?

Eis uma pergunta importante de ser respondida, tendo em vista o aumento no número de alunos que abandonaram os estudos em virtude da Covid-19.

O fato é que, durante a pandemia, professores e gestores escolares desenvolveram uma nova visão em relação à didática e às estratégias para manter os alunos ativos.

Apesar de ter sido um período de grandes desafios, novas formas de trabalhar e combater a evasão surgiram com o apoio da tecnologia.

Dessa forma, trouxemos neste artigo uma atualização, sobre o cenário atual do combate a evasão escolar, bem como o papel do software de gestão escolar nesse contexto.

A evasão escolar durante a pandemia de Covid-19

Um dos primeiros efeitos da pandemia provocada pela Covid-19 foi a suspensão das aulas presenciais em todas as instituições de ensino no país. E, infelizmente, não tardou para a evasão escolar começar a ser percebida com maior força.

Uma das principais causas para isso foi a questão econômica. Com redução (ou perda) nos salários muitas famílias precisaram retirar seus filhos da escola particular, por não conseguirem pagar a mensalidade.

Migrando para o ensino público, os alunos precisaram se adaptar a uma nova realidade, sendo esse um fator que desmotiva muitos educandos.

Outro ponto foi que algumas crianças e jovens em idade escolar passaram a exercer algum tipo de trabalho para ajudar a compor a renda familiar.

Além disso, muitas escolas não conseguiram manter um ensino remoto acessível e de qualidade.

Assim, todos esses fatores, isolados ou em conjunto, levaram muitos alunos a abandonar os estudos.

Tanto que, em 2021, estima-se que as escolas particulares do Brasil perderam cerca de um terço das matrículas.

Deste total, um terço dos estudantes migraram para escolas públicas e o restante passou pela evasão escolar, perdendo a perspectiva de estudo.

Dessa forma, professores e toda a equipe pedagógica têm trabalhado novas formas de dar aulas e aplicar atividades, em busca de diminuir estes indicadores.

Como combater a evasão escolar?

Dentro deste cenário, surgem as dúvidas: como combater a evasão escolar? Esse é um quadro reversível?

Para responder, separamos a seguir alguns elementos que irão ajudar sua escola a combater a evasão escolar. Confira!

1- Conheça o perfil do aluno evasor

Em primeiro lugar, é preciso entender que a evasão escolar não acontece de uma hora para outra. Ou seja, existem sinais no aluno evasor.

E é importante conhecer esse perfil para combater a evasão escolar antes mesmo que ela ocorra.

Por isso, é necessário analisar seu comportamento dentro da escola, em relação ao desempenho, entrega e participação.

Isso acontece porque é comum no aluno com tendência à evasão os seguintes pontos:

  • Faltas recorrentes;
  • Postura desinteressada em aula;
  • Pouca ou nenhuma participação em atividades;
  • Baixo desempenho de aprendizagem;
  • Mensalidades em atraso.


Ao identificar dois ou mais destes sinais em um aluno, é hora de agir – veja o próximo item!

2- Identificar os motivos que levam à abandono escolar

Após encontrar alunos com o perfil de evasão, a escola deve procurar os responsáveis pelo aluno para identificar o porquê dele estar demonstrando pouco interesse nos estudos.

É importante ressaltar, que esse processo é válido até mesmo para alunos que já cancelaram a matrícula. Desse modo, a escola pode aumentar sua bagagem de aprendizado com essas situações, usando as informações para o futuro.

Nesse sentido, o primeiro passo é ouvir o aluno, qual a sua percepção e como ele se sente em relação à escola.

Em segundo lugar, conversar com pais ou responsáveis, sobre o comportamento do aluno em casa, em relação a outras atividades e como ele cita sua relação com a escola.

Dessa forma, o gestor escolar poderá ter uma visão sobre o que precisa ser melhorado na escola. E saberá como evitar que surjam novos alunos evasores.

LEIA TAMBÉM:

Nesta etapa também é essencial entender os problemas que estão levando ao atraso nas mensalidades. Acima de tudo, é importante negociar com os pais, já que manter o aluno na escola será um benefício para todos!

3- Monitorar os indicadores de evasão escolar

Conversar com o aluno e o seu responsável é sempre um ótimo caminho para combater a evasão escolar, mas existem mais pontos a serem considerados.

Muitas vezes a conversa não fornece todas as informações necessárias para combater a evasão escolar.

Por isso, o gestor da escola precisa monitorar os indicadores de evasão, para tentar mediar a situação, antes que ela se expanda.

Os principais indicadores de evasão escolar são:

  • Baixa frequências dos alunos, que devem ser controladas pelos professores;
  • Notas médias, ou abaixo da média com recorrência;
  • Pouca participação nas aulas e faltar com as obrigações;
  • Ausência em outras atividades que a escola desenvolve;
  • Feedback frequente de todos os professores que convivem com o aluno;
  • Atestados e ocorrências frequentes.


No entanto, sabemos que monitorar todos esses indicadores manualmente não é uma tarefa fácil – e é nesse ponto que entra o software para gestão escolar.

O papel do software para gestão escolar no combate à evasão

A tecnologia pode ser uma grande aliada para combater a evasão escolar e, nesse sentido, estamos falando sobre o uso de um software especialmente desenvolvido para gestão escolar.

Monitorar frequências, ter acesso a feedbacks, notas, atestados e ocorrências, pode ser muito trabalhoso quando feito manualmente.

Dessa forma, a escola e o corpo docente podem combater a evasão escolar, recuperar matrículas que já foram perdidas e garantir um melhor controle financeiro.

Manter os alunos na instituição até sua formação não é uma tarefa fácil, sendo preciso empenho de todos os envolvidos na gestão administrativa e pedagógica.

Fonte: SophiA