Segurança nas férias: saiba como proteger sua casa ou apartamento

  • Post author:
  • Post last modified:14 de janeiro de 2022
  • Reading time:17 mins read

Vai viajar e não quer abrir mão da sensação de segurança nas férias? Então é preciso ter alguns cuidados para manter a casa protegida enquanto você e sua família estão fora. Afinal, é justamente neste período que muitos assaltantes resolvem agir.

Estabelecer hábitos de prevenção, como a manutenção correta do imóvel e a instalação de dispositivos que ajudem a impedir o acesso de pessoas não autorizadas é uma prática recomendada por especialistas para evitar situações indesejáveis. Se você já adotou diversas atitudes preventivas ao longo do ano, é importante manter na sua casa ou escritório o mesmo nível de segurança nas férias.

Mas como garantir a segurança patrimonial? Simples: investindo em tecnologia adotando boas práticas de conduta.

Neste post, listamos dicas importantes de segurança nas férias para você aproveitar sem preocupações. Veja como se prevenir e deixar sua residência segura para não ter sustos nem surpresas desagradáveis ao retornar.

Checklist para garantir a segurança nas férias

Antes de viajar é preciso tomar certas providências. Algumas recomendações de especialistas em segurança, como a Polícia Militar, podem ajudar você a evitar roubos e invasões. Veja a seguir.

Identifique os pontos fracos da residência

A segurança da sua casa pode não ser tão forte quanto você imagina. Muitos criminosos podem aproveitar brechas no local para escalar muros, abrir ou romper janelas e portas, para entrar na residência.

Observar os pontos fracos do seu lar é o primeiro passo para pensar em soluções estratégicas para aumentar a segurança nas férias. Há alguma janela cuja tranca está com defeito? Todas as fechaduras estão funcionando?

Tranque as portas, janelas e portões

Vale a pena conferir se os acessos para dentro da sua casa estão devidamente trancados. Uma dica é não colocar cadeados voltados para o lado de fora do portão, pois isso revela que não há ninguém na residência. Para reforçar a segurança, você também pode trancar as portas internas para dificultar a circulação em caso de invasão.

Não deixe luzes acesas dia e noite

Ao contrário do que se imagina, deixar as luzes acesas não é uma boa ideia. Se alguém passar no local e notar que a iluminação está acesa por noites e dias, poderá notar a ausência de pessoas. O que você pode fazer é investir em soluções para programar rotinas de iluminação.

No mercado você encontra controladores de ambienteslâmpadas e interruptores inteligentes, todos com conexão Wi-Fi e controlados por aplicativo. Assim, de onde você estiver é possível acionar as luzes e criar rotinas de acionamento das lâmpadas. Basta ter uma conexão com a internet.

Feche o regulador de gás

Ao fechar o regulador de gás, você evita vazamentos e riscos de acidentes, como explosões ou incêndios na sua residência, e já garante mais tranquilidade nas suas férias. Esse ato protege seu patrimônio, animais de estimação (se tiver) e vizinhos.

Tenha detectores de fumaça e gás

Você também pode investir em detectores de fumaça. Eles disparam um alarme sonoro em caso de detecção de fumaça no ambiente onde está instalado e podem enviar notificação para o smartphone.

A mesma função é aplicada aos detectores de gás. Ter esses dispositivos em sua casa permite uma rápida resolução de problemas e pode evitar acidentes graves.

Avise porteiros e seguranças sobre a viagem

É importante que eles saibam da viagem e não permitam nenhuma visita — a não ser algum nome de confiança que você tenha passado a eles — ou prestação de serviço no período. Mas se você morar numa casa sem esses serviços, a alternativa é instalar um videoporteiro.

Esse dispositivo possui uma câmera de vídeo na parte que fica fora da casa. As imagens captadas são enviadas para um módulo interno quando a campainha é acionada.

Mesmo desativando a função de captação de imagens ao viajar, você pode visualizar o ambiente externo quando desejar, por meio de aplicativo no smartphone. A solução também fotografa quem passa na frente da câmera e envia a imagem para seu celular.

Só permita acessos de pessoas da sua absoluta confiança

Para garantir a segurança nas férias, é importante evitar dar sinais de que a casa está desocupada. O melhor seria não deixá-la sozinha, mas se isso não for possível, alguém pode ficar responsável por verificar se está tudo em ordem com a casa ocasionalmente.

Nunca deixe as chaves embaixo do tapete da entrada ou em vasos próximos à porta. Se você mora em um condomínio, não deixe as chaves na portaria. Você também pode pedir a alguém de confiança para visitar diariamente o imóvel e recolher as correspondências.

Caso tenha um videoporteiro, deixe a campainha acionada para você ser notificado pelo celular e liberar o acesso de forma remota. Assim, sua pessoa de confiança pode ser facilmente identificada e entrar na casa sem necessidade de ter uma chave para isso.

Não comente sobre sua viagem com estranhos

Não corra o risco de que a notícia se espalhe e qualquer pessoa fique sabendo que a casa estará vazia. Evite falar sobre o assunto nos corredores do seu condomínio, principalmente quando pessoas que você não conhece estiverem próximas.

Para garantir ainda mais segurança nas férias de toda a família, também vale ter cuidado com postagens em redes sociais. Evite fazer publicações do tipo: “Nós estamos indo viajar para…”, ou seja, avisando que todos da casa estarão fora e ainda informando o endereço de onde vocês estarão.

Transfira valores para um cofre bancário

Se você tiver dinheiro, jóias ou outros itens de valor em casa, é preferível que os transfira para um local mais seguro. Dessa forma, você assegurará seu patrimônio e não terá grandes prejuízos caso ocorra uma invasão ou ação criminosa na sua residência.

Faça teste com equipamentos de segurança

Caso sua casa conte com alarmes sonoros ou luminosos, faça testes periodicamente e avise seus vizinhos de confiança sobre o equipamento. Desta forma eles ficarão atentos durante sua viagem.

Equipamentos e sistemas ajudam a reforçar a segurança

reforçar segurança

Além dessas atitudes simples e bastante eficazes, você pode reforçar a segurança da casa instalando equipamentos como alarmes, luzes de emergência, sensores de presença, câmeras de monitoramento, nobreaks, fechaduras digitais entre outros.

Intelbras conta com uma série de itens de segurança eletrônica que podem ser utilizados por quem mora em casa ou em apartamento. A seguir, confira o funcionamento e as vantagens de alguns deles.

Fechadura digital

Este é um item que pode ser usado também por quem aluga sua casa nas férias. Solução prática, segura, dispensa o uso de chaves. Há quatro possibilidades de acesso oferecidas por essa tecnologia:

  • Senha numérica: para acessar só é preciso digitar uma senha numérica, já cadastrada, no teclado touch screen. Algumas fechaduras digitais permitem a criação de senhas temporárias para visitantes, válidas somente para o primeiro acesso.
  • Leitor de proximidade: o leitor libera o acesso com a aproximação de uma tag ou cartão com chip de identificação por radiofrequência (RFID).
  • Leitor biométrico: a entrada é autorizada quando o dedo apontado no leitor tiver uma digital cadastrada no sistema — e alguns modelos de fechadura permitem o acesso pelo reconhecimento facial;
  • Aplicativo via conexão bluetooth ou à internet: essa opção é ideal para quem não está em casa, mas precisa controlar o acesso de outras pessoas. Você pode liberar a porta pelo app, criar senhas para visitantes, cadastrar novos usuários, saber os horários de cada acesso realizado e identificar quem entrou no local.

Portanto, se você deseja autorizar, à distância, a entrada de alguém para fazer um serviço na sua casa — como jardinagem, cuidado dos animais ou simplesmente ver se tudo está bem —, a fechadura digital é uma ótima opção.

No mercado você encontra diferentes modelos — de sobrepor, embutir e pressão — e com alarme anti-arrombamento, sensor de porta aberta e travamento automático.

Nobreak

Um nobreak ou uma fonte nobreak (modelo mais simples), é fundamental para manter todos os outros itens de segurança em funcionamento, no caso da energia da residência ser cortada de forma proposital ou por tempestades, o que é bastante comum no verão.

Em caso de queda de luz, o nobreak faz a alimentação dos dispositivos por meio de baterias internas, ou seja, seus aparelhos não param de funcionar mesmo com a falta de energia geral. Além disso, ele funciona como um regulador de tensão, entregando uma energia “limpa” para os eletrônicos conectados a ele.

Sem o nobreak, alarmes, câmeras e sistemas de videomonitoramento podem ficar vulneráveis e indisponíveis e, dessa forma, não garantirão a segurança do sistema instalado se a energia for desligada.

Alarmes

O sistema de alarme é composto por um conjunto de equipamentos que verificam movimentações em horários não permitidos ou emitem sinais de emergência com o objetivo de avisar uma atitude e/ou ação suspeita para que então seja tomada alguma atitude, como chamar a polícia ou uma equipe de segurança.

Hoje, você encontra sistemas de alarme sem fio, com central de alarme com comunicação via internet — Wi-Fi ou Ethernet —, teclado e sirene, sensor com câmera e bateria de longa duração, em uma tecnologia criptografada e de alta performance.

Um diferencial de alguns sistemas de alarme é a fotoverificação com infravermelho. Ao perceber um evento suspeito, o sensor realiza uma foto, sem flash, do ambiente monitorado e a envia para o aplicativo do usuário, que então pode confirmar a ocorrência.

Além disso, sistemas, como o da linha Izy, contam com sensores de presença, abertura de janela e portas, os quais notificam no celular em caso de suspeita e, integrado ao hub, podem acionar a sirene.

Confira os principais benefícios dos sistemas de alarme inteligentes:

  • Sistema completo de segurança: é possível integrar a outros sistemas com fio e instalá-lo em locais que já possuem uma solução de intrusão.
  • Divisão por ambientes: cada ambiente da sua casa pode ter um alarme. Mesmo se uma partição for desarmada, as demais continuam funcionando.
  • Controle total sobre o sistema: informações do status do sensor e da bateria são disponibilizadas em tempo real. Você também pode integrar o alarme ao sistema CFTV e acompanhá-lo pelo aplicativo.

Câmeras de monitoramento

Com as câmeras de segurança, você acompanha a movimentação dentro e fora de casa. Hoje em dia, os modelos mais procurados são aqueles que permitem acompanhamento pelo smartphone. Por meio de um aplicativo, você vê em tempo real o que está acontecendo na residência.

Existem modelos de câmeras com transmissão ao vivo e interação por voz. Dessa forma, você consegue ver, falar e ouvir quem está no ambiente monitorado. Já pensou se comunicar remotamente com aquela pessoa de confiança que está na sua casa ou mesmo com o seu pet?

Além disso, você também pode usar sua voz para acessar as imagens por meio do seu assistente de voz.

Algumas câmeras oferecem tecnologia para visão noturna e enviam notificações em caso de movimentação nos ambientes. A depender do tipo de armazenamento escolhido, você também poderá ver tudo que foi gravado quando voltar de viagem, podendo averiguar os detalhes de alguma situação anormal.

A importância do armazenamento de imagem na sua câmera de segurança

Para viajar com tranquilidade, o armazenamento de imagem das câmeras de segurança é um grande diferencial. Isso porque caso infelizmente ocorra alguma situação criminosa na sua casa, você consegue ter acesso às imagens depois. Pensando nisso, há 3 formas da pessoa garantir essas gravações:

  • DVR – gravador com maior capacidade de armazenamento;
  • Cartão de memória – gravador com capacidade de armazenamento limitada, o qual pode ser inserido em alguns modelos de câmera;
  • Serviço de nuvem – você pode contratar um serviço de armazenamento em nuvem, ou seja, as imagens ficam salvas em uma plataforma na internet.

Se você tem dúvidas sobre a capacidade de armazenamento do seu cartão de memória, ou seja, a quantidade de horas que ele é capaz de gravar, acesse a calculadora da Intelbras e tire suas dúvidas!

Viaje com tranquilidade

viajar com tranquilidade

Pronto para viajar? Com o nosso checklist para ter mais segurança nas férias, você está preparado para aproveitar a melhor estação do ano com toda a tranquilidade. Mas para ter as melhores soluções na sua residência.

Fonte: Intelbras